Os 7 empregos que surgirão com o Metaverso

Rate this post
banner
Rate this post
Por conta de não existir de forma concreta, fica mais difícil falar sobre o metaverso.

Porém, existe a certeza de que se trata de enormes investimentos tecnológicos, e que vai mudar toda a situação do virtual em pouco tempo.

Principalmente desde que o Facebook anunciou esse mega investimento para a tecnologia metaverso.

A empresa mudou o nome para META, fazendo com que a expressão se tornasse o grande hype do momento.

Onde as pessoas passaram a se interessar e querer saber sempre mais sobre o assunto.

Muitas oportunidades de emprego ligadas a esse universo estão prestes a surgir.

Para conhecê-las e entender um pouco mais, continue a leitura desse artigo e saiba tudo.

 

Vamos lá!

Qual impacto do Metaverso para o mercado de trabalho

Fazendo um paralelo com os influenciadores de mídias sociais, é possível imaginar novos trabalhos ligados à construção e o apoio ao mundo metaverso.

Criando, claro, novas profissões.

No entanto, o maior impacto será a adaptação e investimento nas tecnologias para ter acesso a realidade virtual.

Os aparelhos tendem a ficar mais caros, melhorando os gráficos para proporcionar uma sensação de realismo.

Além disso, essa realidade virtual será capaz de coletar mais informações dos usuários, devendo ser conversado e analisado para garantir segurança dos dados.

Portanto, fazer parte do metaverso vai impactar financeiramente o mercado de trabalho junto com a segurança cibernética.

Como o Metaverso ajudará na aprendizagem corporativa

As escolas e empresas que já vêm se adaptando com as tecnologias  estão um passo à frente para lidar com o metaverso.

Isso porque já implementam transmissões de aulas ao vivo, uso das ferramentas digitais para reuniões, aplicativos e plataformas de organização e gestão de produção

O metaverso vem dando vida aos espaços de aprendizagem imersivos;

Afinal, as pessoas estão sempre em busca de novas experiências.

O ambiente digital permite simulações práticas e visuais, favorecendo o aprendizado em qualquer setor.

Esse mundo da realidade imersiva é novo, mas, as possibilidades de utilização são infinitas e úteis para a capacitação dos profissionais.

7 empregos que serão gerados com o Metaverso

O uso frequente dessas tecnologias vai exigir muita adaptação e conhecimento nas profissões.

Demandando uma série de novas habilidades, condutas e dinâmicas sociais nos próximos anos.

Por esse motivo, preparamos uma lista com 7 empregos que serão gerados com o metaverso, assim, será mais fácil entendê-los e começar a se qualificar.

 

#1 Cientista de pesquisa do Metaverso

Um cientista tem o papel de fazer com que os usuários vivenciem um novo ambiente.

São responsáveis por idealizar um espaço digital confiável e acessível em todo o mundo, para que as mudanças sejam acionadas digitalmente e de qualquer lugar.

#2 Estrategista do Metaverso

Vai atuar no direcionamento do planejamento para um portfólio estratégico, ou seja, irá identificar oportunidades de mercado e construir casos.

Para isso, deverá ter anos de experiência em gerenciamento, conhecimentos de marketing e modelos de negócio.

Além de também acompanhar e entender os e-sports, que também requerem essa habilidade de estrategista.

#3 Gerente de Segurança do Metaverso

Serão muitas as diversidades de sensores, fones de ouvido e câmeras utilizadas no metaverso.

Essa quantidade de dados sobre um indivíduo, produtos e organizações privadas e governamentais serão gigantes.

Ou seja, será necessário atuar de forma rápida caso ocorra problemas envolvendo a segurança de sistemas.

#4 Construtor de Hardware do Metaverso

Todos os sensores, câmeras, óculos virtuais e fones de ouvido serão elaborados apenas em códigos.

Onde a criação desses hardwares exigirá construtores para sair do mundo virtual e fazer parte do físico.

O profissional precisa ter experiência com hardwares e capacidade para trabalhar com eletrônicos complexos.

#5 Storyteller do Metaverso

Conhecido também como contador de histórias, é o profissional que cuida de toda a projeção de missões imersivas, incluindo a linha de experiência do metaverso.

O storyteller envolve cenários e oportunidades de marketing empresarial.

Além disso, o copywriting também se tornou tendência.

Sendo uma técnica de redação persuasiva e convincente para os usuários.

#6 Construtor de mundos

A função exige habilidades de designer de games.

Além de ter criatividade e uma visão futurística considerando todas as regras e ética desse mundo virtual.

Um construtor de mundos deve ser designer gráfico com experiência em 3D e realidade virtual com capacidade para entender os dilemas dos mundos.

#7 Desenvolvedor de ecossistema

Será o grande responsável em construir um ecossistema imersivo em 3D.

Irá coordenar o governo e parceiros, garantindo funcionalidade em grandes escalas.

Ou seja, é ele quem vai desenvolver e validar todo e qualquer tipo de lei e regulamento, garantindo que tudo faça sentido no metaverso.

Lembre-se que nenhum desses cargos irão surgir de uma hora para a outra.

O metaverso exige inúmeras tecnologia, protocolos e descobertas para poder funcionar.

Os cargos listados neste artigo, são apenas algumas possibilidades.

Gosta de assuntos relacionados ao mundo digital e inovações?

 

Acesse outras matérias do  Pense Digital, informações a todo o momento!

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carregando...